BASÍLIO SEH

REDES / CONTATOS

Foto: Pablo de Luca

press to zoom

Foto: Pablo de Luca

press to zoom

Foto: Pablo de Luca

press to zoom

Foto: Pablo de Luca

press to zoom
1/4
Marieta e eu - Basílio Sé
00:0000:00
Chico Santo - Basílio Sé
00:0000:00

Basilio Sé cresceu às margens do São Francisco na cidade de Traipu – Alagoas. Herdeiro musical dos irmãos Basilio (Pedro, José, Antônio e Manoel) com a idade de quatorze anos iniciou a profissão tocando trompete na filarmônica “Lira Traipuense”. Suas influências musicais são variadas indo das lavadeiras de roupa ao jazz. Obras de autores como Gil, Djavan, Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti contribuíram de forma acentuada na construção do seu trabalho. Formado em História (completo) e Música (incompleto) pela Universidade Federal de Alagoas Basilio Sé fixa residência em Maceió há quase três décadas.

 

Entre algumas de suas produções musicais estão os discos Oco do Mundo, DNA Caeté, Viçosa do Nosso Brasi, o DVD Basilio Sé Urubuano, a trilha sonora do filme documentário 1912 O Quebra de Xangô, a direção musical do 1° e do 2° CD Palco Aberto.

 

Além das publicações Basilio Sé teve ao longo de vinte anos de carreira participação em festivais de músicas como também em projetos de grande porte: MPB Petrobrás, Pixinguinha, Canta Nordeste, FEMUCIC, etc. Em 2003 foi convidado a fazer participação especial no show “Feira dos Sons” do multinstrumentista Hermeto Pascoal e no ano de 2006 do cantor e compositor Chico César no show realizado pelo projeto “MPB Petrobrás”.

 

Dos trabalhos realizados como educador destacam-se principalmente a orquestra do Complexo de Ensino Público de Alagoas em Maceió (CEPA) e a Orquestra Nuno Pimentel na cidade Viçosa-AL ambas formadas com alunos da rede pública de ensino.