COLÔNIA LEOPOLDINA

Colônia Leopoldina é um município brasileiro do estado de Alagoas. 

 

História

Situada no Vale do Rio Jacuípe, bem próximo à Serra do Teixeira, a primitiva povoação teria surgido no começo do século XIX. Sabe-se, contudo, que o território chegou a pertencer a Porto Calvo até 1901.

 

Só a partir de 1852, com a instalação da colônia militar foi que se efetivou como povoado. A colônia foi criada com muita festa e com a presença, inclusive, do presidente da província de Alagoas, José Bento da Cunha Figueredo. A história não registra os motivos para a instalação da colônia militar. Os antigos moradores contam que o objetivo era combater e exterminar o banditismo que dominava as matas de Porto Calvo. O primeiro comandante e diretor-fundador da colônia foi o tenente João da Gama Lobo Bentes. A colônia também foi dirigida por Olavo Elói Pessoa da Silva e pelo alferes Augusto Pereira Ramalho.

 

Em 5 de janeiro de 1860, a colônia recebeu o Imperador Dom Pedro II. A passagem de Dom Pedro consolidou o povoado e se tornou fato histórico. A antiga casa da diretoria onde se hospedou o imperador existe até hoje.

 

Em data de 5 de janeiro de 1860, Dom Pedro || e sua comitiva plantou 4 (quatro) mudas de castanholas, sendo que 2 (duas) sobrevivem até o presente.Como atrativo turístico, é a Serra da Catita, com sua cachoeira, abaixo da cachoeira a antiga ponte do Catita, construída no período de 1919 e 1922, pelo então Governador Dr. José F. da Silva.

 

Quando a colônia militar foi extinta, em 1867, Leopoldina continuou sob a jurisdição de Porto Calvo e logo depois entrou em decadência. A Lei 372, de 1861, criou o distrito de Leopoldina e outra lei, em 1901, elevou-o à vila e depois município. Isso contribuiu para que a antiga colônia voltasse a progredir. Em 1923, passou à condição de cidade. A freguesia foi criada sob as bênçãos de Nossa Senhora do Carmo, comemorada em 16 de janeiro, mas a comunidade festeja, também, São Sebastião, São João e São Pedro. Além das festas cristãs, Colônia comemora também sua Emancipação (16 de julho).

 

Economicamente o município dispõe da cultura de cana- de- açúcar, destacando-se a produção de bananas no Estado, boa produção de culturas de subsistências. Relevante, também a pecuária que reflete grande economia para o município. O município é apreciado por 2 (dois) parques industrias de grande porte, Usina Taquara S.A. e Destilaria Autônomo Porto Alegre Ltda.

 

 

Dados Demográficos

População estimada 2013: 21.307 (IBGE)

População 2010: 20.019 (IBGE)

Área da unidade territorial (km²): 207,893 (IBGE)

Densidade demográfica (hab/km²): 96,29 (IBGE)

 

Características Geográficas

Localização no Brasil: 08° 54' 32" S 35° 43' 30" O 
Mesorregião: Leste Alagoano
Microrregião: Mata Alagoana
Municípios limítrofes: a norte com o Estado dePernambuco, a sul com Joaquim Gomes, a leste com Novo Lino e a oeste com Ibateguara.

Distância até a capital: 114 km

Altitude: 140 m

Clima: Tropical Chuvoso com verão seco

Bioma: Mata Atlântica (IBGE)

 

 

Gentílico: leopoldinense

Emancipação: 16 de julho de 1901

 

 

Indicadores (PNUD/2010)

IDHM: 0,517 (BAIXO)

Longevidade, Mortalidade e Fecundidade (2010)

  • Esperança de vida ao nascer (em anos): 66,6

  • Mortalidade até 1 ano de idade (por mil nascidos vivos): 41,7

  • Mortalidade até 5 anos de idade (por mil nascidos vivos): 45,5

  • Taxa de fecundidade total (filhos por mulher): 3

 

Renda, Pobreza e Desigualdade (2010)

  • Renda per capita (em R$): 242,28

  • % de extremamente pobres: 22,18

  • % de pobres: 45,62

Links para perfil completo do município:

Site do município: www.colonialeopoldina.al.gov.br (fora do ar)

 

FONTES: nov/2013

  • Wikipédia

  • IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  • PNUD - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento

Brasão Colônia Leopoldina
Brasão Colônia Leopoldina
press to zoom
Bandeira Colônia Leopoldina
Bandeira Colônia Leopoldina
press to zoom
Igreja da Matriz
Igreja da Matriz

Fonte: www.citybrazil.com.br

press to zoom
Cachoeira da Catita
Cachoeira da Catita

Fonte: www.citybrazil.com.br

press to zoom