EDI RIBEIRO

REDES / CONTATOS

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/3

Edi Ribeiro iniciou na música ainda na adolescência nos anos 90. Músico de formação autodidata, logo começou a atuar na noite tendo passagem por várias bandas como: Adrenalina, Banda Raízes e a Big Banda Orquestra do maestro Ivanildo Rafael. 

 

Nos anos 2000, fundou o Grupo de música regional Cumbuca participando de projetos e mostras musicais dentro e fora do Estado (Palco Aberto, Festivais do Sesc, Circulação de música do Sesc, Misa Acústico, Feira da Música). 


Em 2006, lançou o álbum independente da banda intitulado “Cumbuca – Ziguezaguear”. Nesse mesmo ano foi contemplado para participar da Feira da Música em Fortaleza.
Seguindo em carreira solo, foi premiado em dois festivais de música: 2009 e 2010 festival de música promovido pela Universidade Federal de Alagoas( FEMUFAL ), 2012 Festival da Palavra, promovido pelo governo do estado de alagoas. Em 2015 e 2017, participou como músico convidado do Segundo e Terceiro Encontro de Bateristas de Maceió.


Em 2016, lançou o Projeto Forrojazz com a pretensão de incorporar o swing jazzístico à nossa autêntica música nordestina. Ainda em 2016, participou da 7° edição do Projeto Palco Aberto e do 2° Festival Pôr do Sol Cultural, idealizado pela Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas.

 

Em 2017, idealizou junto com o cantor e jornalista Sebage o Movimento Antropofágico Miscigenado, semanalmente realizado no saguão do Teatro Deodoro, trazendo a ideia provocativa de “deglutir” e “digerir” melhor a tão diversa arte alagoana – literalmente “Se Tocando” e cantando uns aos outros para uma melhor compreensão da nossa música, da nossa arte. 


Também se apresentou no Projeto Misa Acústico com o show “Eu no Baião de Dois” e no Sétimo Aniversário da Cuscuzeria Café com o show “Forrojazz, Xote e Baião”. Participou da 4° edição do Vozes do Velho Chico – Piranhas/AL, evento que homenageia o Rio São Francisco através de expressões artísticas dos cinco estados banhados pelo rio. Ainda em 2017 lançou virtualmente seu primeiro disco solo intitulado “Eu no Baião de Dois”.


Em março de 2018 participou do Projeto MPB Petrobras fazendo a abertura do show de Geraldo Azevedo.
 

LABAFERO ALAGOANO - EDI RIBEIRO
00:0000:00
Segredo da Vida - EDI RIBEIRO
00:0000:00
Segredo da Vida - EDI RIBEIRO
00:0000:00