KEL MONALISA

REDES / CONTATOS

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/2

Conhecida como excelente intérprete da Música Popular Brasileira, Kel como chamam os amigos, busca inspiração em grandes nomes da música brasileira como Caetano Veloso, Marisa Monte, Djavan, Adriana Calcanhoto, Ana Carolina, Lulu Santos, Alcione, Elba Ramalho, Chico Buarque e outros. Mas sua história com a música começou em casa.

Sempre incentivada pela avó, Lúcia, e a tia Inês, Kel Monalisa soltou sua voz muito cedo.  Começou dando uma palhinha nas festas da família, depois passou a fazer imitações em festas infantis. Aos nove anos já encarava cantar ao vivo para outras crianças. “Com o passar do tempo fui descobrindo o dom que Deus me proporcionou, e me sentia bem cantando, as pessoas gostavam de me ouvir, me aplaudiam e isso me deixava realizada, sem falar que o friozinho na barriga sempre existia quando entrava no palco”, revelou.

O sucesso entre os amigos e a família continuou. Na adolescência, festivais de músicas no colégio e as festinhas entre amigos fizeram a cantora adquirir confiança e se dedicar ainda mais a música. Daí vieram os primeiros prêmios como melhor intérprete, melhor letra e melhor arranjo. Para Kel, nessa época o maior desafio era apresentar as composições. “Sinto-me como uma adolescente. Naquela época tinha medo das pessoas não gostarem das minhas músicas e hoje com o novo projeto, a expectativa é muito grande. O friozinho na barriga é o mesmo”, descreveu. Hoje depois de 05 anos,  Kel tem em sua carreira dois cds promocionais gravados ao vivo.

De acordo com a cantora, encarar a música como profissão foi difícil. Primeiro porque acabava de ingressar na faculdade e a mãe, Monalisa, não queria que a música atrapalhasse seu futuro. “Comecei a me dedicar à música e meu irmão, Sérgio, também, a gente sempre cantava junto nos festivais do colégio, homenagens musicais, festas em família e entre amigos.

Ao longo do tempo, cantando em barzinho, que é sempre onde começa a escola de um artista, como ela mesmo diz, foi onde percebeu que realmente era de música que queria viver. “Fui me tornando muito mais envolvida com o mundo musical. “O palco é onde eu quero estar, para sempre.”

 

Em 2010, Kel teve que se afastar dos palcos, para se dedicar a uma nova etapa de sua vida, ser mãe. Ela conta que depois do pequeno Kaio, não sabia como ficaria a vida de artista e de mãe, mas não demorou muito e depois de 4 meses ela voltou a cantar. Mais madura, mais feliz, mais decidida do que queria. O filho foi sua força maior para que voltasse logo a fazer o que ela mais gosta: Cantar!  Em companhia de seu marido, Gabriel, que é também seu guitarrista e também de sua banda ela segue na busca de conquistar cada vez mais seu espaço no meio musical. “Não é um caminho fácil, mas é o destino que Deus me deu de presente, e eu vou lutar por ele” Diz, Kel.

No final de 2011, Kel foi convidada a abrir o show do Cantor Jorge Vercillo, que para ela foi algo grandioso, por admirar tanto o cantor, que também veio da noite, dos bares e conseguiu alcançar seu espaço no cenário musical.

Já em Junho de 2012, ela resolveu participar do Programa Ídolos, onde sua audição foi em Salvador. Passou por 4 etapas e ficou entre os 114 finalistas que foram selecionados para São Paulo. Enfrentou filas enormes, 12 horas para ser ouvida pelos jurados, mas não desistiu, ao lado da tia Inês, que foi seu maior espelho na música e do Marido Gabriel, eles viveram essa experiência que para ela foi maravilhosa.

Em 2013, Kel Monalisa traz para seu público um novo amor, que já fazia parte de sua vida, mas que nunca tinha divulgado aos que acompanham e admiram seu trabalho, a paixão por composições próprias, dando continuidade ao seu trabalho autoral, que foi iniciado através da música: “Por que você não volta” da compositora, também Alagoana, Zélia Santti, que presenteou Kel com essa música para o começo de sua carreira e é a música que marcou o “início de tudo” afirma Kel Monalisa.

 Em Julho de 2013, Kel lançou sua música nova “Não volta mais” de sua autoria, ao lado de seus músicos em um show com várias participações especiais de artistas Alagoanos para comemorar também os 6 anos de carreira.

Em Agosto apresentou  ao público o show “LIVRE” realizado pela primeira vez no Teatro de Arena em Maceió, Kel também levou o show para a cidade de Arapiraca onde é muito querida e tem um público que ama o seu trabalho.

Em 2014 Kel comemorou 7 anos de carreira, vivendo apenas de música e fez um show com participações especiais em Agosto, para a comemoração desses 7 anos. Em Outubro abriu novamente o show do cantor Jorge Vercillo, pois em 2011 tinha sido convidada para abrir o show do cantor.

No final de 2014, Kel Monalisa começou a Pré-Produção de seu primeiro Disco autoral para a divulgação de músicas inéditas, além de todas que já ficaram marcadas na sua interpretação.

Em Dezembro, levou para o público o show “7 SENTIDOS” onde lançou duas composições de sua autoria que vai estar no seu primeiro disco.

Em 2015, Kel lançou seu primeiro DISCO autoral “Do meu jeito” no Teatro Deodoro, onde gravou o seu primeiro DVD também lá no Teatro. Em 2016 seguiu divulgando seu show autoral, no Estado de Alagoas e também fazendo seus outros projetos, como “Arraiá da Kel” “Boteco da Kel” entre outros.

Em Dezembro de 2016, Kel lançou o seu primeiro DVD, no Teatro de Arena com a maioria das canções autorais e algumas releituras.

Em 2017 Segue divulgando seu trabalho autoral e em Janeiro, lançou mais um projeto: “Baile da Kel”, um Baile Pré- Carnaval.

Kel Monalisa completa 10 anos no ano de 2017 e pretende fazer vários eventos para comemorar a década de carreira, vivendo só de música.

Não Vou Te Esquecer - Kel Monalisa
00:0000:00
Só Quero Muito - Kel Monalisa
00:0000:00
Não Tem Jeito - Kel Monalisa
00:0000:00